instalação/intervenção artística

Ângela Saldanha, Israel, 2020

Curso: Fotografia Digital e Cidadania Ativa

Formadora: Ângela Saldanha
Registo: CCPFC/ACC-107029/20,
Nº de horas acreditadas: 25
Modalidade: Curso de Formação
Destinado a: Professores dos Grupos 240, 530 e 600

Objetivos

Promover conhecimentos no âmbito da cultura visual e adquirir ferramentas básicas de edição de imagens fotográficas digitais.
Promover situações de aprendizagem colaborativa para, com recurso à fotografia digital, implementar projetos interdisciplinares nas escolas de modo a transmitir valores; conhecimentos e competências de cidadania ativa.

Conteúdos da ação

– Cultura Visual
– Educação para os Media
– Técnicas de captura de imagem fotográfica digital – Técnicas de edição de imagem fotográfica digital
– Fotografia documental , fotografia como relato e como ação crítica
– Direitos Humanos e Fotografia
– A representação da multiculturalidade na fotografia
– Imagem documental fotográfica digital em projetos de trabalho de cidadania ativa nas escolas.

Metodologias de realização da ação

sessões teórico/práticas
1.ª sessão (5h) – Fotografia e cultura visual – exercícios de enquadramento a partir de Tópicos da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania.
2.ª sessão (5 h)- Fotografia Documental/guiões técnicos de captura de imagem – exercícios de focagem; luminosidade a partir de temas de direitos humanos.
3.ª sessão (5 h)- Fotografia Social/ imagem nas redes sociais — trabalho de grupo sobre direitos de autor; questões éticas e cyberbullying
4.ª sessão (5 h)- Fotografia Ativista/ exercícios de edição de imagem — trabalho de grupo sobre a fotografia digital em projetos de educação para a sustentabilidade
5.ª sessão (5 h)- exercícios de edição de imagem — trabalho de grupo sobre o papel da fotografia digital nas várias fases dos projetos de trabalho dos alunos.

Regime de avaliação dos formandos

Os formandos serão avaliados a partir dos seguintes parâmetros:
– Participação: Grau de interesse e colaboração nos trabalhos de grupo e debates durante o curso;
– Trabalhos realizados durante o curso: execução dos trabalhos propostos individualmente;
– Qualidade do relatório individual sobre a aprendizagem adquirida e o modo como essa aprendizagem poderá ser implementada pelo professor na sua escola.

Bibliografia fundamental

Levy, Pierre ( 1997), Cyberculture . Éditions Odile Jacob.
HERNANDEZ, F. (2000). Educación y Cultura Visual. Barcelona: Octaedro
Brett, P., Mompoint‐Gaillard, P. & Salema, M. H. (2009). How all teachers can support citizenship and human rights
education: a framework for the development of competences. Strasbourg: Council of Europe Publishing.
GODOLPHIM, N. (1995). A fotografia como recurso narrativo: problemas sobre a apropriação da imagem enquanto
mensagem antropológica. Horizontes Antropológicos. Porto Alegre. Ano 1. N.º 2. Jul./Set. p.161- 185.
http://www.ufrgs.br/ppgas/ha/pdf/n2/HA-v1n2a13.pdf
Marcondes; A-S. P. (2011 ) A FOTOGRAFIA COMO CONSTRUÇÃO DO REAL NAS REDES SOCIAIS DIGITAIS- Acedido
em http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/2933/1/CT_CODEG_2011_2_03.pdf

Create your website with WordPress.com
Iniciar